Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe cor-de-rosa

rabiscado pela Gaffe, em 04.03.14

 A Noite já passou. A Gaffe admite que não tem paciência para ficar estatelada no sofá a ver desfilar as vedetas oscarizáveis. Dá uma vista de olhos a Brad Pitt e desanda.

Confessa no entanto que admira alguns pormenores que são documentados depois nas revistas da especialidade. Selecciona alguns detalhes e vai verificando como vão evoluindo ao longo dos anos.

A Gaffe escolheu debruçar-se (e a palavra neste caso é bem achada) sobre os decotes! O modo como uma rapariga mostra as maminhas é revelador. Numa amostra muito sucinta conseguimos ver que, enquanto o tempo passa, nem sempre prescindir do soutien é a melhor opção, mas quando se acerta, o nosso par é sempre um privilegiado.

A Gaffe veste o seu tailleur cor-de-rosa e documenta algumas das vertigens dos rapazes. Não exagera, porque não está vocacionada para estudos com demasiado carácter científico. Vai apenas passar os olhos (jura que mais nada!) por algumas fotografias mais significativas e previne que ficou muito de fora.

   

 

Demi Moore

Com uns calções ciclista de elastano em 1989, Moore desvia a atenção do aperto das maminhas. 

Halle Berry
Em 2002 escandalizou com a transparência do vestido. Em 2014 passaria por freira de clausura. 
Hilary Swank
Swank, com Guy Laroche, mostra desnudas as costas em 2005 provando que o soutien ficou em casa e que voltará a ser dispensado em 2010 com Giorgio Armani Privé.
Jena Malone
Em 2011, Jena Malone mostra a lingerie da pior maneira possível.
Chloe Sevigny
Numa transparência de Chanel Haute Couture. Um acidente sem airbags. 

Jennifer Lopez

Em Armani Privé 2012. Umas maminhas latino-americanas que nenhum traficante ousa tocar. 

Gwyneth Paltrow
Gwynnie talvez não use soutien.
Anne Hathaway
O vestido Prada rosa pálido tinha costuras marcadas que funcionavam como setas directas aos mamilos.  
 

Heidi Klum

Num Julien Macdonald de 2013 revela que é capaz de ser ao mesmo tempo oiro e prata. 

J. Lo
Usa Zuhair Murad permitindo-nos dizer “olá!” as suas maminhas.
Nicole Richie
Em 2013, o decote Emilio Pucci não é profundo. O vestido é que está comprido. 
Irina Shayk
Irina Shayk, 2013, com um vestido de Jena Malone. Um golaço!
Brandi Glanville
Jamais saberemos como Brandi Glanville entrou no vestido.
And the winner is...
Cher que em 1986 se crava na memória com um exuberante Bob Mackie que ninguém se atreve a criticar por estar demasiado ocupado em apreciar os cortes e buracos.
 

 photo man_zps989a72a6.png


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui