Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe de Margarida

rabiscado pela Gaffe, em 01.07.15

Há acessórios que substituem na perfeição os braços de um homem. Usados, dão-nos por comparação a certeza da fragilidade de uma história de amor embora nos causem também algum incómodo. Transportar o da imagem não deve ser como esquecer um caso amoroso que não foi entrançado com os fios correctos.

Tentar saber quais são os filamentos que conseguem, de forma certeira e consistente, tecer uma narrativa de amor, é uma tarefa que de tão inglória nos deixa sozinhas, espapaçadas no sofá, a mirar o infinito.

Há quem nos diga para não pensarmos nisso, para vivermos cada sopro do vento, cada minúsculo movimento de uma folha, cada suave deslizar de um seixo. O tempo encarrega-se de transformar um fio de baba em fio de seda.

 

Concordaria, não fosse a minha amiga - há sempre uma oportuna amiga nestas coisas - a brutalizar este rasgo muito ao gosto de Confúcio.

Viveu, a pobre, uma história de amor quase encantada, unida a um homem que, de tão perfeito, conseguia a façanha de estar sempre presente, mesmo quando as ausências eram mais frequentes. Um príncipe que nem sequer passou pela fase de batráquio. 

O principado implodiu quando o viu entrar afogueado e aflito na urgência hospitalar - onde, bata branca e estetoscópio em riste, a interna da especialidade socorria os mais feridos - com um filho nos braços (um episódio de asma, nada grave) e com a preocupada esposa apensa, loira, linda e chorosa, arrastando o segundo rebento pela mão.

Enfrascou um Valium 10, pediu que a substituíssem e foi para casa destruir à pancada os bichos-da-seda.

No dia seguinte foi comprar acessórios.

Enrolada em caxemira, ainda a pode encontrar numa loja perto de si ou no sítio do costume.

 

O amor não escreve histórias, por uma das razões mais prosaicas que conheço: todos os brevíssimos momentos de felicidade que vivemos, são analfabetos.

 photo man_zps989a72a6.png


4 rabiscos

Imagem de perfil

De anacb a 01.07.2015 às 10:26

Os bichos-da-seda às vezes também tecem casulos de enganos...
Imagem de perfil

De Gaffe a 01.07.2015 às 10:37

Sim.
O ideal é comprar a seda já pronta e com certificado de qualidade.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.07.2015 às 17:54


"todos os brevíssimos momentos de felicidade que vivemos, são analfabetos."

Nem comento mais nada e vou levar este post.
Obrigada.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.07.2015 às 17:56

:)
Leva-o "onde te levar o coração".

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui