Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe descalça

rabiscado pela Gaffe, em 04.11.14

 

s.jpg

 

100 homens, dizem-me que figuras públicas, decidiram aceitar a proposta de Luís Onofre e foram protagonistas de uma campanha publicitária que apesar de não primar pela originalidade, acaba por funcionar bastante bem nesta horta à beira-mar plantada. Fornece visibilidade aos que dela estão carentes, satisfaz hipotéticas fantasias, imita o arrojo das transgressões e o criador tem deste modo assegurada uma boa divulgação do seu trabalho.

Os rapazes aparecem em poses irrepreensivelmente varonis, enfiados em cenários mais ou menos viris, em situações que não colocam em questão a sua masculinidade e de saltos altos. Tudo muito Mário Testino.

Acredito que a passerelle pode ser interventiva, sendo passível de se tornar também uma forma de participação civica e social ou reflexo das preocupações societais. É louvável que o seja. YSL já nos vestiu com o vosso smoking e não precisou de nos explicar a razão, porque foi de imediato entendida e continua activa.

Penso igualmente que não há qualquer inconveniente que seja apenas um modo de brincar levado a sério e aposto que, neste caso, os meninos se divertiram imenso. É sempre saudável gargalhar enquanto se tenta o equilíbrio seja onde for.

 

Há no entanto um pormenor que me deixa ligeiramente irritada nesta sessão de glamour macho.

A justificação que é dada.

Pela igualdade entre o homem e a mulher, contra os abrolhos que a cada passo entravam e atormentam o caminho das fêmeas.

Não nos capacita, pois não?

Os meninos não precisavam de invocar, de desencantar, de arrancar das unhas dos pés, uma causa destas para justificar (para se justificarem?) terem concordado ser protagonistas de uma campanha publicitária! Fica mais amoroso, é certo, mas não é convincente.

Talvez porque falte no meio daquilo tudo Oliviero Toscani, sentimos apenas que estamos a ver fotos de 100 homens de saltos muito altos e poses viris, com diferentes graus de visibilidade, a publicitar um criador de sapatos. Não deixa de ser giríssmo e jamais será errado ou condenável, mas como a mulher agredida diria se não receasse levar mais dois estalos, depois de ouvir que foi também em nome dela que aquilo se fez:

- Que lata! 

 photo man_zps989a72a6.png


4 rabiscos

Imagem de perfil

De bloga-mos a 04.11.2014 às 14:31

Não tenho a menor pachorra para publicidade encapotada e muito menos para homens que apenas põem os pés de fora do armário. Quanto ao resto, estou muito bem disposto, Princesa...
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.11.2014 às 14:44

Oh! não acredito que o armário seja tão espaçoso e guarde tanta gente! Não pode (nem deve), meu querido, enfiar todos os modelitos lá dentro.

Tão bom saber que está bem disposto!
Imagem de perfil

De bloga-mos a 04.11.2014 às 16:45

Não todos mas quase. Bem disposta, doce Princesa?
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.11.2014 às 16:59

Com o meu menino aqui, fico sempre.

Comentar post




Por força maior, os V. comentários podem ficar sem resposta imediata. Grata pela Vossa presença.


  Pesquisar no Blog