Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe do especialista

rabiscado pela Gaffe, em 02.04.19

especialista.jpg

A Gaffe acaba de ouvir na SICN um especialista em transportes públicos a declarar que a diminuição do preço dos passes sociais é:

 

(…) uma coisa boa, porque as pessoas ficam com mais dinheiro para leite, tabaco e droga.

 

A Gaffe já desconfiava que as criaturas que utilizam os transportes públicos são todas imensamente estranhas, desde que as ouviu bradar contra a mudança de hora, naquelas coisas onde se encaixam os mais pobrezinhos enquanto esperam, desde as cinco da manhã, a fumar uns atrás dos outros - tabaco e pobres - e a beber leites gordíssimos - ninguém sabe bem porquê, pois que podem consumir em casa, ao pequeno-almoço, desde que se levantem um bocadinho mais cedo -, pelos autocarros que os levam aos mercados onde compram cocaína e heroína com o dinheiro destes descontos. Toda a gente que viaja de avião - que também é transporte público para as pessoas que ainda não compraram a TAP - sabe que esta pindérica mudança de hora é o jet lag dos pobres.      

 

Quem diz a verdade, não merece castigo, não é?

 photo man_zps989a72a6.png


18 rabiscos

Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 02.04.2019 às 19:11

Não te esqueças do bacteriologicamente. Bacteriologicamente cretinos.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.04.2019 às 20:10

:)
Há nas televisões uma absolutamente espantosa glorificação da ignorância.
A violência - e esta imbecilidade é claramente uma violência - é perpetada pela possibilidade que existe de se considerar útil dar voz a imbecis presunçosos que acabam por induzir preconceitos e perpetuar uma espécie de apartheid subliminar nas sociedades de terceiro mundo.
Há indícios claros de "terceiro mundismo" neste Portugal.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 02.04.2019 às 21:54

Eu acho que tens razão. É um pouco assustador. Há dias em que sinto um enorme receio das consequências desse terceiro mundismo de que falas. Sobretudo porque o vivi fora daqui, a outra escala, apesar de tudo, é verdade. É nas semelhanças que me desassossego.
Imagem de perfil

De Gaffe a 02.04.2019 às 23:13

O nepotismo da classe governante, a ostentação patega de 11 motoristas ao serviço do Primeiro, o ilusionismo financeiro, o contínuo escurecimento do povo através dos foguetes de meios de comunicação inaptos e inúteis, um populismo mais ou menos encapuzado, a manipulação do poder executada por grunhos e ladrões de fato e de facto, o obsessivo cultivo do desporto de massas amorfas e dos seus mafiosos ... ... ...

Eis alguns dos sintomas. Há mais.

O meu avô gostava muitíssimo de Saussure. Ensinou-me a densidade do "significante" e do "significado". A teoria da literatura - e a semiótica - é, neste caso, bem mais útil que a teoria política. Tenho de rever o que o meu avô me ensinou.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 03.04.2019 às 10:55

(É espantoso. Vimos de caminhos tão diferentes, que não sei bem como chegámos a cruzar-nos. )

A comunicação passou a ter novos objectivos e a servir outros símbolos.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.04.2019 às 11:03

(Não nos cruzamos. Reconhecemo-nos)

A comunicação sempre encontrou signos e símbolos diferentes. o problema é que agora não os discrimina. O lixo é misturado com a palavra.

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui