Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe e os cavalheiros

rabiscado pela Gaffe, em 18.04.16

Cavalh..jpg

 Gosto muito de cavalheiros.

 

Homens que se levantam quando nós entramos ou que nos oferecem um lugar na primeira fila e se deixam esmagar pela multidão enlatada dos balcões nos concertos com menos distinção. Acontece que hoje cavalheirismo é deixar a mulher ter o orgasmo primeiro. Nada mais. É de lamentar, até porque só somos verdadeiramente mulheres quando aprendemos a mentir na idade, no número que vestimos, no peso e na maioria dos orgasmos. Este último dado limita imenso a área de acção do actual cavalheiro e falseia a classificação. Temos um orgasmo primeiro do que eles, porque também aprendemos a fingi-lo com eficácia quando tudo se torna muito cansativo.

 

Não nos entreguemos à ilusão. Acreditar que ainda sobram cavalheiros é como confiar num creme anti-celulite ou num homem lindo, solteiro, com mais de 40 anos e que recusa todos os nossos convites. Em ambos os casos - creme e homem - acabamos sempre deprimidas. Achamos, no primeiro acidente, que talvez necessitemos de botox, porque não nascemos ontem e, no segundo, que talvez o senhor não seja gay, nós é que estamos uns cangalhos.

 photo man_zps989a72a6.png


Comentar:

CorretorMais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Por força maior, os V. comentários podem ficar sem resposta imediata. Grata pela Vossa presença.


  Pesquisar no Blog