Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe e um presságio

rabiscado pela Gaffe, em 11.09.15

stories-yet-to-be-written-etched-vintage-ink-bottl

Na minha Avenida a cigana desfralda panos negros e no mar, cigano ele também, o vento apura o som das ondas amarfanhando a minha voz que foge.
- Eu leio as tuas mãos.
Não quero.
A cigana esvoaça. Um corvo na Avenida e o mar a trucidar a minha fuga.
- Deixa-me ler as tuas mãos. Dá-me dinheiro.
À minha volta rodopia. Trava-me o caminho, como a sombra do mar a minha voz que nega. Rodopiam trapos pretos na Avenida. A cigana que não me tem nas mãos, deixa-me solta e, mal eu liberta tento abrir o peito e respirar, ouço o estalar da voz, o crocitar do corvo atrás de mim:
- Tu, cabelos de fogo, tu vais sofrer de amor.

As minhas mãos já lidas?

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


6 rabiscos

Sem imagem de perfil

De PR a 11.09.2015 às 12:29

engano do corvo.
tu fazes sofrer.
;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 11.09.2015 às 13:49

Faço nada!!!
Tu és mau.

(Quando inaugura?)
Sem imagem de perfil

De eduardo a 11.09.2015 às 13:23

há duas possibilidades
a cigana lê mãos e pés porque é prima do bandarra e prevê
a cigana está numa de hard selling porque o centro de emprego da sua área de residência a colocou em estágio num call center de exclusivo outbound satírico certificado e distinguido com prémios extravaganza e ela tem que dar provas e mostras de ter aprendido algo no curso incluindo espírito de iniciativa
ao fim e ao cabo tudo dentro dos valores normais para a época
Imagem de perfil

De Gaffe a 11.09.2015 às 13:49

Espero que seja realmente uma destas hipóteses.
:)
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.09.2015 às 00:37


Não se preocupe com isso.
Imagem de perfil

De Gaffe a 12.09.2015 às 21:24

Prometo.

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui