Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe em crise

rabiscado pela Gaffe, em 03.12.19

1.4.jpg

Aquilo a que os especialistas chamam Crise é um fenómeno avassalador que não faz esforço algum para nos avisar que nos vai tocar no bolso, sobretudo quando acreditamos estar já longe do alcance das suas manápulas.

Há no entanto pequenos sintomas, ligeiros alertas, que nos vão dando conta da extensão dos danos. Conheçamos alguns antes de entrar em depressão sem entendermos porque entramos tão depressa nessa noite escura:

1. Humedecer a ponta do marcador para ver se ele volta a funcionar; 
2. Lamber a tampa metálica do iogurte;
3. Andar de loja em loja olhar os preços e dizer ao vendedor: Só estou a dar uma vista de olhos;
4. Ir a um conserto, entrar na plateia e saltar para os camarotes desocupados;
5. Fazer um jogo de futebol com equipas com e sem camisola;
6. Baloiçar a lâmpada queimada para ver se ela volta a funcionar;
7. Aproveitar garrafas plásticas de refrigerante e colocar água no frigorífico;
8. Receber visitas e mostrar a casa toda;
9. Decorar vasos com flores de plástico;
10. Comprar carro novo e não tirar o plástico do banco só para dizer que é novo; 
11. Lamber a ponta da borracha para apagar o erro;
12. Usar molas de roupa para fechar sacos de arroz, açúcar, massa, etc.;
13. Pôr algodão na árvore de natal para dar efeito de neve;
14. Passar saliva no cotovelo para amaciar;
15. Guardar sobras de sabonete para fazer uma bola só;
16. Convidar amigos para jantar no seu aniversário e pedir para cada um levar uma coisa;
17. Consertar a tira da sandália com agrafador; 
18. Enfeitar a estante da sala com lembranças de casamento; 
19. Usar o fio dentário e depois cheirar para ver se o dente está cariado; 
20. Tirar cera do ouvido com a chave do carro ou com a tampa da caneta; 
21. Guardar panos de cozinha velhos para as limpezas; 
22. Ir ao restaurante e antes de fazer o pedido perguntar se aceita cartões ou tickets.

 

Se cumprimos dez - e bastam dez - destes tenebrosos indicadores, podemos começar a pensar em retirar o cavalinho da chuva, porque bem mais cedo do que mais tarde vamos ter de o vender para comprar forragem para o pequeno-almoço.  

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


7 rabiscos

Imagem de perfil

De Rui Pereira a 03.12.2019 às 15:11

Vende-se bicicleta de estrada em bom estado…

;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.12.2019 às 15:58

:))))
Isso não é crise. É tontice.
Não acredito que seja capaz de vender uma bicicleta, seja ela qual for, se não tiver planeada a compra de outra bem melhor.
Imagem de perfil

De júlio farinha a 03.12.2019 às 16:29

Já passou do estado de crise ao de loucura. Loucura inofensiva, diga-se.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.12.2019 às 18:17

Não sei se é inofensiva.
As multidões absurdas que invadem os centros comerciais parecem-me mais do dobro das do ano que passou. Um êxtase consumista como já não se via há alguns anos.

A seguir à loucura vem o pânico.
Imagem de perfil

De júlio farinha a 03.12.2019 às 18:25

De facto, troca-se muito o ser pelo ter. O dinheiro compra tudo, ou quase - na senda de com ele atingir a felicidade. Só que esta é efémera, falsa e corruptível.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.12.2019 às 19:14

E "há coisas mais importantes que o dinheiro, mas são tão caras!"

;)
Imagem de perfil

De júlio farinha a 03.12.2019 às 20:35

E há coisas mais caras do que o dinheiro.Não é, Gaffe?

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui