Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe em êxtase

rabiscado pela Gaffe, em 21.07.15

Quando a vi pela primeira vez, soube de imediato que seria uma das minhas obras-primas favoritas.

 

As razões serão várias, inumeráveis, mas a principal é ter achado que as horas de cada um podiam pertencer as ondas do manto da freira em êxtase, ao turbilhão aflito do mármore do hábito da freira trespassada.

 

Na Igreja de Santa Maria da Vitória, na Capela Cornaro, Bernini tinha erguido Santa Teresa em Êxtase e tinha esculpido uma das mais perfeitas representações do erótico.

Não ceguei. Não me despojei. Não fui trucidada pelo esmagador deslumbre de uma das mais perfeitas estátuas barrocas. O que quis foi procurar no bronze e na pedra os rastos de Bernini.

 

Teria lanhos nos dedos? Como havia o homem sofrido o rosto daquela mulher? Que mordia, que mastigava, que cantarolava, que dizia, enquanto erguia o braço daquele anjo? Que motes e que quadras, que lanços, que degraus, que mortes e acasos e que doridos dias?

 

Depois, e mais depois, e muito mais depois, senti vontade de olhar os dentes cariados de Bernini, saber-lhe dos piolhos, dos eczemas, das maleitas, das venéreas chagas incuráveis, dos achaques, do cheiro nauseabundo de suor e pão azedo, dos vómitos do vinho fermentado e velho e dos mais imundos trapos que vestia.

 

É imprescindível tocar o homem, mísero e mesquinho, para poder tentar depois tocar nos deuses. 

 

 

 photo man_zps989a72a6.png


2 rabiscos

Imagem de perfil

De a dESarrumada. a 26.07.2015 às 14:01

Adorei o post. "Tocar no homem para chegar aos deuses."
Imagem de perfil

De Gaffe a 26.07.2015 às 21:15

Penso que é imprescindível.
E inevitável.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui