Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe escreve ao Manel Luís

rabiscado pela Gaffe, em 04.01.19

Haderer.jpg

Meu queridíssimo Goucha,

 

Antes de tudo quero desculpar-me por não retirar os óculos escuros enquanto a si me dirijo. Acredite que me sinto mais resguardada, não deixando nunca de perder a oportunidade de exibir o meu lado mais sombrio que contrabalança - sem ofuscar -, a sua esfuziante alegria. Uno este conforto à possibilidade de passar incógnita, irreconhecível, no seu programa matinal.

 

Escrevo para lhe expor a minha perplexidade, a minha curiosidade e o meu espanto. O menino surpreende. Não me refiro, é evidente, aos seus peculiares outfits, mas às manobras que executa para não se perceber o desespero que parece ter assolado a sua tilintante presença televisiva.

 

Como é lógico, lembrei-o numa entrevista sóbria que deu, de fato azul escuro, camisa de um alvura imaculada e gravata regimental, a uma senhora que me pareceu transtornada pela escolha – creio que Judite de Sousa. O menino primou pela verborreia e pelo desfilar impecável de todos os lugares-comuns que se possam enojar. Era o sambódromo da banalidade politicamente lavada e interminavelmente limpinha. Confesso que fiquei até ao fim à espera de ver surgir a pomba luminosa que aparentava habitar-lhe o coração. Foi uma desilusão ter vislumbrado apenas uma auréola pindérica colada à sua cabeça com saliva. Não convém, portanto, indicar o politicamente correcto como responsável pelo ruído que amanheceu consigo na TV e que posteriormente atingiu as redes sociais - mais uma vez de pavio curtíssimo.      

 

Admito que me irritou um bocadinho. Gosto mais do seu registo desafiador, irreverente e ousado e do seu histrionismo capaz de o levar a qualquer lado sem o menor escrúpulo e sem uma pontinha de ética para o apimentar, pese embora cubra estas misérias com um mal engendrado respeito pelo outro, acompanhado sempre por um lamento pio e solidário, uma revolta contra a injustiça e essas coisas todas boas e bonitas que tão bem sabe mimar. Suponho que estas características não lhe são impostas pelo dono de qualquer rubrica. O menino quer, o menino manda. Se o menino bate o pé, o menino tem.  

 

Repare, meu caro, que o considero um dos mais talentosos entertainers da televisão portuguesa o que é - mesmo que digam que cada estação tem o clima que merece e que cada público tem o que deseja -, façanha digna de registo e acredite que não sou uma velhinha entrevada e enfiada num lar apodrecido à espera de ouvir e ver relatos ilustrados e comentados de assassínios enquanto come a carcaça com manteiga e tenta esgotar a reforma nas chamadas de valor acrescentado que o menino não se cansa de sugerir. Sou uma petiza de boas famílias com um pecúlio razoável e, como tal, não quero deixar de o felicitar pela maravilhosa entrevista que fez a Mário Machado e pela sondagem da sua lavra que questiona se os seus leitores sentem a falta de Salazar - eu sinto. Há uns anos proibiram a colher de pau e o salazar corre perigo de extinção. A cozinha portuguesa fica cada vez mais depauperada. Estou consigo à volta dos tachos. Eu, e a Maria Vieira no facebook.

 

No entanto, meu caro Goucha, senti que o menino não se informou como deve ser acerca do moçoilo que tinha na frente. Mário Machado não é um rapazinho que fez apenas, há uns tempos, umas declarações polémicas. O menino teve um anjo protector por perto - provavelmente o mesmo que abençoa Teresa Guilherme -, logo ali em cima dos berloques da gravata. Foi um milagre não ter ocorrido um acidente e ter ficado com uma matraca ensanguentada enfiada no seu casamento.

 

Também não sou -  tal como diz que não é -, apologista do silenciar de vozes que arrastam perigos incontroláveis, eivados de populismo e de outros malefícios - que com certeza reconhece, porque provavelmente sofreu alguns durante a vida. Também não considerei bonito terem retirado o convite a Marine Le Pen para ser oradora naquela festa de finalistas de startups, mas convenhamos, meu caro Goucha, Marine Le Pen, apesar de tudo - e que se saiba -, não roubou, não tentou coagir ninguém, ameaçando gente - nem mesmo uma Procuradora da República! -, não detém armas ilegais, não provocou danos físicos a quem quer que seja, e sobretudo não esteve presa por se ter provado o seu envolvimento num assassinato. É só uma cabra de extrema-direita que pode balir livremente de forma a que se possa facilmente desmontar a bezoa.

 

Meu caro, não é de bom augúrio tentar lavar à força de lixívia o que deve permanecer porco e visível.

Marine Le Pen e o seu entrevistado - pese embora a afinidade e a proximidade -, são produtos para esgotos um bocadinho diferentes e temos de reconhecer que, nem o menino, nem a pobre Maria, aguentam as descargas de qualquer um destes intestinos sem um esbracejar patético, um nervozinho miúdo e pouqíssimo mais, ou mesmo nada.  

 

Caríssimo Goucha, retiro os óculos escuros finalmente. Serviram também para evitar o brilho das labaredas da fogueira que, mesmo ao longe, o pode queimar se continua a segurar um fósforo.   

 

Agora vá, meu caro. Tente controlar as audiências com outros meios, pois que se faz tarde e vai começar o programa gémeo do seu na estação rival.

 

Cartoon - G. Haderer   

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


41 rabiscos

Imagem de perfil

De amarquesademarvila a 04.01.2019 às 15:01

Palmas! Muito bom!
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.01.2019 às 15:22

Agradeço.
Suponho que o Manel Luís também.
:)
Imagem de perfil

De Corvo a 04.01.2019 às 17:01

Então o que cozinhou ele desta vez?
Temo muito seriamente ter sido apanhado em fora-de-jogo.
O que bem vistas as coisas também não espanta o mundo. Sobre a "indelével fauna" que tão heróica e infatigavelmente se esforça por derramar deleites na depressiva alma lusitana com as manhãs, as tardes, as meias-manhãs, as meias-tardes e levando o imensurável esforço do desprendimento humano em prol do carenciado, as noites na TV; o meu conhecimento, ou vontade de aprender, brilha pela ausência.
:)
Um excelente fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.01.2019 às 18:18

Não queira saber. Passa um fim-de-semana menos tenso.
:)*
Imagem de perfil

De Corvo a 04.01.2019 às 21:27

Muito obrigado, Gaffe.
Mas parte: só parte de um fim-de-semana menos tenso, até o Benfica jogar.
Em todo o caso, muito obrigado na mesma. Vale pela intenção.
Desfrute a menina de um fim-de-semana em grande. Privilégios desse restrito número de gente feliz desprendida das problemáticas da redondinha.
:)
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.01.2019 às 23:08

Suspeito que o meu fim-de-semana não vai ser assim tão desprendido. Vou para a Covilhã por motivos meramente profissionais. Dizem que é gelada!
Sem imagem de perfil

De Carlos Berkeley Cotter a 04.01.2019 às 19:13

Que bofetada e que luva tão branca.
Adorei.
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.01.2019 às 20:30

A verdade - talvez salve o convento -, é que o senhor foi entrevistado num programa de entretenimento, num circo. Não foi um jornalista a questionar o que quer que seja. Ainda há alguma - ínfima - esperança.

O que intriga é o facto de, sobretudo num programa de entretenimento, não se ter percebido que o homem não tinha nada para nos entreter. Não há nele nada de relevante ou de interessante ou de divertido para ouvir, o que torna a sua presença num absurdo.

O que será que Goucha tinha em mente para aceitar a presença do homem num programa com as características daquele a não ser a mais óbvia luta pela polémica facecoquiana que faz crescer as audiências?!

Tanta miséria junta, valham-nos os deuses.
Imagem de perfil

De Sarin a 08.01.2019 às 21:59

Terá sido um aparentemente auto-(in)titulado repórter que terá soprado a ideia. De cuja execução tive conhecimento nos jornais... Goucha deve estar feliz!
Imagem de perfil

De Gaffe a 08.01.2019 às 23:09

Não imagino. Seja como for, foi surreal - no sentido mais popular do termo.
Imagem de perfil

De Sarin a 08.01.2019 às 23:22

Oh, oh, já não me bastava ficar zarolha a olhar Dalí, agora terei que zarolhar olhando Goucha?

Sinceramente, prefiro as grades de Klée.
Imagem de perfil

De Gaffe a 09.01.2019 às 09:35

Eu prefiro as grades que nos separam dos grandes vigaristas. São cada vez menos seguras.
Imagem de perfil

De Sarin a 09.01.2019 às 10:22

Usei Klée como alegoria :)

Liberdade de expressão é tantas vezes confundida com liberdade para o disparate que, quando o disparate ultrapassa a linha do insulto, não há retorno. Espero consequências. Mas sentada, porque enfim...

No caso, foi o branqueamento um insulto à inteligência, foi o convite um insulto à democracia, foi a presença um insulto às vítimas. E Goucha feliz pela publicidade.
Imagem de perfil

De Gaffe a 09.01.2019 às 10:30

Não haverá consequência.

os gouchas deste mundo são como a coca-cola. Vestem-se até de Pai-Natal se isso lhes permite entrar pelas chaminés.
Imagem de perfil

De Sarin a 09.01.2019 às 11:03

Talvez tenha agitado algum jornalismo, que se demarcou do tal repórter; ou talvez tenha mostrado ao Goucha que não se pode baixar abaixo do sub-nível 10 pois que se lhe vêem fundilhos e careca. Enfim, sentada, disse.
Imagem de perfil

De Gaffe a 09.01.2019 às 11:41

E sentada me calo.
Imagem de perfil

De Sarin a 09.01.2019 às 12:23

:D :D sentada, eu! Mas a resposta pareceu obediência a uma ordem, oh minha senhora cá desta casa! :D

Longe de mim ordenar-lhe seja o que for, e se e quando certamente jamais na casa dos outros! :)
Imagem de perfil

De Gaffe a 09.01.2019 às 13:21

:D
Sentei-me porque apenas dessa forma é confortável assistir ao desfilar das tontices e imbecilidades dos nossos VIP.
Imagem de perfil

De Sarin a 09.01.2019 às 13:56

Ah, bom! Então sentemo-nos, e confortavelmente de cocktail na mão, há tontices que exigem chapeuzinho e colorido e dos outros só em Ascot :)
Imagem de perfil

De Gaffe a 04.01.2019 às 20:31

* faceboquiana, embora o que está escrito também sirva. Parece que tudo vale.
Imagem de perfil

De Vorphastro a 04.01.2019 às 21:05

Concordo, em absoluto.

O "branqueamento" social e politico, promovido pelo convite do Sr. Goucha, de um tipo, que se levasse o seu projecto avante teria metido o Goucha, e outros, num asilo, é transtornante.

Relembremos que, entre outros crimes, Mário Machado foi condenado por conivência em homicídio, discriminação racial, coacção agravada, detenção de arma ilegal, danos e ofensa à integridade física qualificada, difamação, ameaça e de posse de arma de fogo.


No outro dia, folheando a "Caras", também encontrei, numa reportagem fotográfica, o Sr. José Veiga (empresário da bola), arguido num processo (Rota Atlântico) de branqueamento de capitais congoleses. Relembremos que detinha, em sua casa, a banal quantia de 7 milhões de euros...o homem não tinha um porco mealheiro...tinha uma suinicultura em casa….é isto que temos….


Fica o vídeo gaffe espero que gostes:

https://www.youtube.com/watch?v=GXYzjYBTlpA




Imagem de perfil

De Gaffe a 04.01.2019 às 23:17

Por muitas explicações que o apresentador engendre, fica apenas a visão de um circo onde vale tudo para atrair o voyeur. Há palhaços para todos.

Sabia que os vistos gold são uma espécie de porquinho muito mais inocente do que os suínos que refere?
Há palhaços em todos os lados.
Alguns somos nós.
Bonecos de cordel.

D.W. tem toda a razão. Foi pena ter-se lembrado de nos lembrar o estado do jornalismo actual, apenas quando por ele foi atingido.


Sem imagem de perfil

De AnibalPorVezes a 05.01.2019 às 00:11

Cara Gaffe,
Por vezes leio o seu blog, guardando sempre o número de textos para ler de seguida.
Mas pensei em si quando foquei os olhos num artigo sobre este "assunto".

Não conhecia esta criatura nem a presença do "mote" em Portugal (a polémica serviu para dar a conhecer) - portanto fiquei incrédulo. E eu fico sempre incrédulo.
Ultimamente parece que saem a coleção de cromos de 1 cartola para todos verem.
Enfim, quanto ao Goucha - meh, não me supreende.

Obrigado pelo seu texto.

Imagem de perfil

De Gaffe a 05.01.2019 às 09:22

Mas nestas áreas, Portugal é muito "merdeno" e tem imensas cartolas. Não fique incrédulo. Numa escala minúscula, aqui acontece tudo - salvo a corrupção que equivale ao melhor que se faz no mundo.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 05.01.2019 às 15:16

Muito bom, como sempre!

(E, assim, acabo eu a Gaffe, de provar um segredo partilhado. Estive doente e ausente destas e de outras avenidas, de modo que, acabei de aqui chegar...há muitas maneiras de pensar a mesma coisa...)
Imagem de perfil

De Gaffe a 05.01.2019 às 20:34

Espero que haja recuperação à vista.

Aqui, na Covilhã, corro sério risco de danificar a minha saúde mental.
Depois conto a tortura que é ouvir shakiras a toda a hora. Uma coisa absolutamente inesperada num local de trabalho onde é essencial a tranquilidade.

Guantanamo de trazer para casa!!!
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 06.01.2019 às 21:16

Uma indisposição inusitada que me deixou de cama um dia e meio. Afugentei-a com determinação e com a dignidade possível, mas estou recuperada:)

Fico à espera dessas notícias:)
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.01.2019 às 16:06

É bom ter recuperado.
Vou tentar dar notícias deste gelo dentro em breve.
É um apelo, mais do que uma notícia.
:)
Imagem de perfil

De P. P. a 07.01.2019 às 14:10

Excelente, excelente,...
A verdade dita com humor e cheia de graça.
Parabéns!
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.01.2019 às 16:04

Obrigada.
:)*
Viva a alegria.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 07.01.2019 às 15:00


Não vendo nenhum programa da manhã e da tarde, li nos jornais o tão polémico convite.
Por isso, faço vénias a este seu excelente texto.
Sabe?
Vivemos num país tão, mas tão pequeno, damos muita importância estes gajos que ganham balúrdios e ainda nos gozam na cara.
Pobre povo!
Tudo por causa das audiências.
Nem sei como correu a estreia da Cristina Ferreira, na SIC.
Acabei de ler que o PR lhe telefonou a desejar-lhe felicidades.



Imagem de perfil

De Gaffe a 07.01.2019 às 16:04

Quem é a Cristina Ferreira?
;)

Calro que o PR lhe deseja felicidades. Não deseja a tudo e a todos?
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 07.01.2019 às 17:14

Ahahahah!
Gostei de "quem é a Cristina Ferreira?"
Acredite que não lhe dou importância, isto é, nada leio sobre ela, nem vejo que fez e faz.
Só os títulos das notícias que entram diariamente no meu telemóvel.
E o que digo dela, digo-o de muitas figuras públicas da TV.
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.01.2019 às 17:56

Diz-se sempre qualquer coisa para vender mais produto.

Até Marcelo se envolve nesta parvoíce.
Imagem de perfil

De Corvo a 08.01.2019 às 09:48

É uma senhora com muito bom ar. :)

Acho que o PR deseja mais felicidades à SIC.
E está muito bem. Gratidão enaltece-se.
Imagem de perfil

De Gaffe a 08.01.2019 às 10:19

O escandaloso é verificar que o PR ainda não me telefonou.
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.01.2019 às 16:05

* claro.
Confundem-me estas manigâncias.
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 07.01.2019 às 19:12

Do Goucha só gosto de duas coisas:

1- as roupas, porque me divertem
2- a coragem (?) que teve em assumir publicamente, com todas as letras, que é homossexual.

Quanto à entrevista (?) que fez a esse...senhor, foi terrivelmente previsível.
Conhece a sua ex- companheira como ninguém e quis, em vésperas da sua estreia em canal concorrente, causar sururu . Conseguiu...mas não como esperava.


Num país em que saúde e educação são postos em segundo plano; em que não se vota porque está calor ,ou frio...ou porque há bola; onde um PR sai dos seus afazeres para ligar a uma apresentadora para lhe desejar boa sorte e esta e notícia de abertura num telejornal ...pouco mais há a dizer.

Salazar deve estar a bater palminhas a isto tudo pois lá tinha a sua razão quando afirmou que o "povo pode aprender a ler e a contar...mas NUNCA interpretar!".
Uma "pena" que o Goucha não o possa entrevistar. Aposto que rebentava com o "share".


; )
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.01.2019 às 20:50

Tão bom!!!
Óptimo comentário o teu.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 07.01.2019 às 22:00

Maravilhoso, parabéns!
Imagem de perfil

De Gaffe a 07.01.2019 às 23:04

Obrigada.
Seja bem vinda.
:)

Comentar post