Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe inquieta

rabiscado pela Gaffe, em 03.06.15

Isle Saint-Louis.jpgO meu apartamento é límpido, com uma luz domada e esculpida e uma amplitude agradável.

 

A minha irmã provou ser capaz de organizar o espaço de forma a cativar a insensatez de um doido. Foi decorado com critério e com o cuidado de quem não pactua com a inocência do sobejo. Existe a clareza do objecto e a exacta definição das formas aliadas à discutida arquitectura do desconforto que tem na minha irmã uma acérrima defensora.

 

Segundo o conceito, todos os espaços devem transmitir o ergonómico aconchego de um lugar sereno e adaptado a quem o usufrui, mantendo um saudável diálogo com quem o habita, mas conter em simultâneo o incómodo que provoca o movimento de procura de equilíbrio, a inquietação, a quase desarmonia que impede o desabar e o espapaçar da alma no perfeito.

Perita na área do desassossego, da inquietação e do transtorno, a minha irmã moldou a casa de modo a que dentro dela eu sinta a falta estranha e indecifrável de não saber de onde chega a serena sensação de me sentir bem. Este discutível olhar a arquitectura, a que escolhi chamar arquitectura do inquieto, porque sempre me agradou a polissemia, é o reflexo desta mulher na obra.

 

Há mulheres que provocam nos outros o embaraço, a oscilação entre o que é desumanamente belo e a incerteza mais terrena, a sensação de inexplicável desarmonia e a urgência de entendimento sentido imperfeito sem o ser visível. Esta estranha atitude, esta quase indecifrável posição, perante a obra arquitectónica e perante a vida, tem por vezes a face do exagero, aliado ou caminho seguro para o kitsch, mas - triunfo do termo que nomeia a noção! - abre para a luminosidade do rigorosamente inteligente e do impecavelmente pensado, como a excessiva porta de entrada de um apartamento que se abre para a mais absoluta e simples claridade.

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


2 rabiscos

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 03.06.2015 às 17:53


Nem sei comentar.
Imagem de perfil

De Gaffe a 03.06.2015 às 17:57

Acredite que também não.

;)

Comentar post




Por força maior, os V. comentários podem ficar sem resposta imediata. Grata pela Vossa presença.


  Pesquisar no Blog