Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe no jardim

rabiscado pela Gaffe, em 14.06.19

 

jardim

E na voragem endoidecida do aroma das tílias, na fome dos fetos e das heras, nas rajadas dos teixos que fazem pender as sombras sobre os lagos, abdicam das cores as hortênsias como no fim de um baile uma orquestra se despe e nua de sons expira sozinha.  

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:


18 rabiscos

Imagem de perfil

De imsilva a 14.06.2019 às 16:52

Tão bonita, essa imagem escrita!
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.06.2019 às 16:57

A culpa é das hortênsias.
:)*
Imagem de perfil

De Sarin a 14.06.2019 às 20:06

Que bonita nostalgia!


Em azul te deixo...

https://youtu.be/4fk2prKnYnI


Mas voltarei outro dia :)
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.06.2019 às 22:24

A emoção volta sempre.
:)*

(Merci)
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 14.06.2019 às 20:44

De manhãzinha, "passei", ao de leve, pelos Açores e quase, quase, senti o perfume de algumas delas...
Imagem de perfil

De Gaffe a 14.06.2019 às 22:22

O que é extraordinário.
Não têm perfume. Se o sentiste, foi porque foste tu que o entregaste. Era o teu.
:)*
Às vezes ouvimos o nosso perfume a pairar em jardins mudos.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 14.06.2019 às 23:03

Quase, quase... :)
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 15.06.2019 às 00:49

Mesmo ao de leve é sempre uma viagem agradável. Mas sou suspeito! ;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 15.06.2019 às 21:17

Sabe que ainda não fui aos Açores?

Conhece o Douro?

Creio que guardam almas idênticas.
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 16.06.2019 às 17:54

Está sempre a tempo de vir.
Sim, conheço. Entre pontes...
Gosto muito do Porto. Identifico-me.
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 15.06.2019 às 00:52

Por aqui há muitas e são tão bonitas como a imagem que apresenta e como as palavras que lhes dedica.
Imagem de perfil

De Gaffe a 15.06.2019 às 21:15

Eu sei.
São indescritíveis.
Bem mais do qualquer palavra que eu possa inventar.
Perfil Facebook

De Cândida Telles a 17.06.2019 às 14:14

As preferidas da minha mãe (falecida já vai para 28 anos...).
Hoje ao passar pelo lado de fora da Superior de Educação do Porto vi umas com tons quase, quase iguais ás da sua foto...
Na altura em que as amendoeiras estão em flôr os jardins da ESE Porto ficam lindos...
Imagem de perfil

De Gaffe a 17.06.2019 às 14:20

As favoritas da minha avó.
A minha mãe escolheu os jarros, brancos e esguios, como segredos nossos.
Logo ali perto do Hospital de S. João, não é?
Lembro-me delas!
Perfil Facebook

De Cândida Telles a 17.06.2019 às 14:33

Adoro jarros...
Exactamente, ao lado do Hospital de S. João
Imagem de perfil

De Gaffe a 17.06.2019 às 14:42

:)
A minha mãe corta-os gigantes e adorna as jarras como se fossem gritos brancos presos no silêncio das tardes.
Ficam estupendas.
Perfil Facebook

De Cândida Telles a 17.06.2019 às 15:51

Não consigo ter flores em jarras ou qualquer outro tipo de planta dentro de casa...
Pois há 6 anos adoptei um gato, ruivo ;) , com olhos verdes, que destrói tudo o que seja verde que entre em casa, até as hortaliças... só não é apreciador da erva de gato...
Como optei por ter esse malandro (que adoro), prescindo das plantas e flores naturais.
Quanto aos jarros vou conseguindo apreciar os que nascem numa mata que fica ao lado da casa do meu pai, crescem como se fossem tufos, por ali espalhados.
Imagem de perfil

De Gaffe a 17.06.2019 às 16:20

Se fosse gata, era eu!

:))))

Coloca-se um gota minúscula de lixívia na água. As flores duram muitíssimo mais.

Comentar post