Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe no silêncio

rabiscado pela Gaffe, em 02.05.15

casa.jpgA superfície deste lugar presa na pele quebra devagar a película que o envolve, como folha de cristal, como fina folha de cristal por sobre a pele.

 

Entendo agora a mais distante segurança que é entregue aos que escolheram o refúgio da casa onde o tempo esquálido flutua. Entendo agora os degraus do silêncio e os socalcos. Esta espécie de felicidade em nada ter, porque se tem à tona da pele o imenso engano da quietude fria.

Nada se move. Nada. Os dias são os dias já passados e nas madrugadas as árvores escondem o sussurrar do vento, o tilintar da chuva ou a luz que interrompe as frestas da penumbra, os rasgos de ruído pelas pedras. Entendo este lugar, porque o tenho pousado levemente sobre a alma.

 

O meu lugar é onde se ouve o silêncio a descer escadas.

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


1 rabisco

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 02.05.2015 às 12:42


Gaffe melancólica.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui