Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe observadora

rabiscado pela Gaffe, em 05.05.14

Não é por falta de observação que estamos cegos:

 

Observatório Permanente da Juventude

Observatório dos Medicamentos e dos Produtos da Saúde
Observatório Nacional de Saúde
Observatório Português dos Sistemas de Saúde
Observatório Vida

Observatório do Ordenamento do Território
Observatório do Comércio
Observatório da Imigração
Observatório para os Assuntos da Família
Observatório Nacional da Droga e Toxicodependência
Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência
Observatório Geopolítico das Drogas
Observatório do Ambiente
Observatório das Ciências e Tecnologias
Observatório do Turismo
Observatório para a Igualdade de Oportunidades
Observatório da Imprensa
Observatório das Ciências e do Ensino Superior
Observatório dos Estudantes do Ensino Superior
Observatório da Qualidade em Serviços de  Informação e Conhecimento
Observatório da Comunicação
Observatório das Actividades Culturais
Observatório local da Guarda
Observatório de Inserção Profissional
Observatório do Emprego e Formação Profissional
Observatório Nacional dos Recursos Humanos
Observatório Regional de Leiria
Observatório Permanente do Ensino Secundário
Observatório Permanente da  Justiça

Observatório Estatístico de Oeiras
Observatório da Criação de Empresas
Observatório Mcom
Observatório Têxtil
Observatório da Neologia do Português
Observatório de Segurança

Observatório do Desenvolvimento do Alentejo
Observatório de Cheias
Observatório da Sociedade de Informação
Observatório da  Inovação e Conhecimento 
Observatório da Qualidade em Serviços de  Informação e Conhecimento
Observatório das Regiões em  Reestruturação

Observatório das Artes e Tradições
Observatório de Festas e Património
Observatório dos Apoios Educativos
Observatório da Globalização
Observatório do Endividamento dos Consumidores
Observatório do Sul Europeu
Observatório Europeu das Relações Profissionais
Observatório Transfronteiriço Espanha-Portugal
Observatório Europeu do Racismo e Xenofobia
Observatório dos Territórios Rurais
Observatório dos Mercados Agrícolas
Observatório Virtual da Astrofísica
Observatório Nacional dos Sistemas Multimunicipais e Municipais
Observatório da Segurança Rodoviária
Observatório das Prisões Portuguesas
Observatório Nacional da Diabetes
Observatório de Políticas de Educação e de Contextos Educativos
Observatório Ibérico do Acompanhamento do Problema da Degradação dos Povoamentos de Sobreiro e Azinheira
Observatório Estatístico
Observatório dos Tarifários e das Telecomunicações
Observatório da Natureza
Observatório Qualidade
Observatório da Literatura e da Literacia
Observatório da Inteligência Económica
Observatório para a Integração de  Pessoas com Deficiência
Observatório da Competitividade e Qualidade de Vida
Observatório Nacional das Profissões de Desporto
Observatório das Ciências do 1º ciclo
Observatório Nacional da Dança
Observatório da Língua Portuguesa
Observatório de  Entradas na Vida Activa
Observatório Europeu do Sul
Observatório de Biologia e Sociedade
Observatório Sobre o Racismo e Intolerância
Observatório Permanente das Organizações Escolares
Observatório Médico
Observatório Solar e Heliosférico
Observatório do Sistema de Aviação Civil
Observatório da Cidadania
Observatório da Segurança nas Profissões
Observatório da Comunicação Local
Observatório do Jornalismo Electrónico e Multimédia
Observatório Urbano do Eixo Atlântico
Observatório Robótico
Observatório Permanente da Segurança do Porto
Observatório do Fogo
Observatório da Comunicação (Obercom)
Observatório da Qualidade do Ar
Observatório do Centro de Pensamento de Política Internacional
Observatório Ambiental de Teledetecção Atmosférica e Comunicações Aeroespaciais

Observatório Europeu das PME
Observatório da Restauração
Observatório de Timor Leste
Observatório  de  Reumatologia
Observatório da Censura
Observatório do Design
Observatório da Economia Mundial
Observatório do Mercado de Arroz
Observatório da DGV
Observatório de Neologismos do Português Europeu
Observatório para a Educação Sexual
Observatório para a Reabilitação Urbana
Observatório para a Gestão  de Áreas  Protegidas
Observatório Europeu da Sismologia
Observatório Nacional das Doenças Reumáticas
Observatório da Caça
Observatório da  Habitação
Observatório do Emprego em Portugal
Observatório Alzheimer
Observatório Magnético de Coimbra 

 

O negrito é meu, só porque achei os observatórios destacados mais dignos de inclusão numa qualquer corrente surrealista com pancada cerebral.

  

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


5 rabiscos

Sem imagem de perfil

De O Lobo a 09.05.2014 às 00:15

Devia haver um Observatório para a estupidez..

«Em inofensivo zapping, dou por mim a sintonizar a SIC e que vejo eu? O Diogo Morgado, actor português que vive justo reconhecimento na indústria cinematográfica americana, a participar numa coisa tipo programa de televisão que envolve planos inclinados, quedas aparatosas, embates mais ou menos estúpidos contra paredes e efectivação de figuras ridiculamente idiotas! E pergunto-me eu, enquanto perco 2 preciosos minutos a observar aquela coisa: o que é que o Diogo Morgado faz ali? Alguém o obrigou a participar sob ameaça da própria vida? Não? Então porquê? Precisará ele dos míseros euros que supostamente lhe pagam para fazer aquelas figuras? Será que ele pretende arruinar o que de bom lhe tem acontecido nos últimos tempos? Terá ele enlouquecido? Curiosamente, leio uma notícia (acredito que seja falsa, mas ainda assim...) onde se escreve que, supostamente, o Diogo teria sido convidado a assinar contrato com a Record - a segunda maior estação de televisão do Brasil - e que ele teria recusado, alegando que as condições apresentadas pela mesma não lhe teriam agradado!?!? Okay. Se calhar as condições oferecidas por aquela coisa onde as pessoas batem com a pinha de encontro a uma parede são melhores!!! Caramba; eu gosto do Diogo Morgado, acho que ele é um actor muito interessante e tenho a certeza que os produtores americanos não devem descortinar muita a piada em vê-lo fazer aquelas figuras que ficam a dever mais à dignidade do que aquilo que os portugueses devem à Troika! Estão a imaginar (salvo as devidas distâncias) o Johnny Depp ou o António Banderas a escorregarem num plano inclinado e a 'esbardalharem-se' de encontro a uma parede! Pois, eu também não, e eles, seguramente muito menos! Espero bem que o agente americano do Diogo tenha visto aquele programa, tipo 'chalaça', via satélite, e lhe diga aquilo que toda a gente com cérebro lhe gostaria de dizer, ou seja: «não te metas nisso pá» a bem da carreira internacional do nosso 'Cristo Lusitano'...», escreveu Maria Vieira

Que estavas a espera Maria? ele é "Loiro" :)))
Imagem de perfil

De Gaffe a 09.05.2014 às 09:14

Sabe que não concordo com a Maria Vieira?!
É agradável pensar que existe um actor sem "síndrome de vedetismo".

O rapaz divertiu-se, penso eu. Isso basta-me.
Sem imagem de perfil

De O Lobo a 09.05.2014 às 17:39

Querida "Gaffe" depois de ler o que escreveu, não foi preciso pensar muito para constatar que está cheia de razão.
Eu já sei que não se pode "vomitar" opiniões sem se reflectir pelo menos um pouco, coisa que evidentemente não fiz.
Em "acto de contrição" porque pouco sei deste Diogo para além de o ter visto representar, fui ver se tinha respondido, e de facto respondeu, foi uma resposta doce com talvez duas pequeníssimas alfinetadas (perfeitamente compreensíveis).
Está aqui a resposta, tenho quase a certeza que já a leu, mas já que "dei voz à Maria"..

"A mesma vontade e alegria com que aprendi enquanto trabalhei nos 'Malucos do Riso' é a mesma vontade com que aprendi sobre a 'Vida de Salazar'. Querida Maria, eu não sou ator porque tenho uma agenda ou estratégia de carreira. Sou ator porque amo o público e fazê-lo vibrar com alguma coisa que possa interpretar, seja a rir ou chorar, dá-me vida", começou por afirmar Diogo Morgado.

"O que fui fazer ao 'Vale Tudo' não foi mais do que reencontrar, divertir e divertir-me com quem me viu crescer e aprender o público português a quem serei sempre grato. E nada mais do que isso. Querida Maria compreendo que não aprove tudo o que eu possa eventualmente fazer profissionalmente, da mesma maneira que lamento nunca a ter visto em algo que não me provoque apenas uma genuína gargalhada. Mas sabe tão bem ou melhor que eu que vida de artista é mesmo assim não é. Nunca se agrada a toda a gente. Só lamento que essa aparente preocupação com a minha carreira não tivesse vindo pela forma de uma mensagem pessoal ou de um telefonema, mas sim numa página pública de Facebook", prossegui o ator.

Diogo Morgado terminou a sua mensagem pública falando do esforço que tem feito para ser bem sucedido internacionalmente. "Querida Maria, queria que soubesse que a única coisa que cai do céu é a chuva. E posso-lhe garantir que ao contrário de muitos artistas em Portugal a trabalhar anos no mesmo 'lobby', fora de Portugal, a sorte ou cunha não contam para absolutamente nada, só o trabalho e empenho. Beijinho grande Parrachita, gosto mesmo muito de si e só por isso é que não consegui ser indiferente", salientou.

Só conheço um actor (passa a vida nas novelas e ou no teatro) fizemos amizade na infância, certo dia eu com 18 ele com 19 anos aventuramo-nos numa longa viagem de comboio (finais dos anos 80) . Se não me falha a memoria tinhamos acabado de passar pelo Mónaco e entrado em Itália, resolvemos sair da cabine, e dar um pouco a perna por aqueles corredores das carruagens, as tantas numa das carruagens viajavam sós duas belas raparigas e de imediato( foi instintivo) entramos e sentámo-nos, troca de olhares
sorrisinhos lá comecei a falar (o meu grande amigo e futuro actor, actual pode-se dizer figura publica) não sabia falar francês, eram realmente duas raparigas 22 23 anos muito bonitas, pouco mais velhas que nós.Para nos ajudar à conquista entram mais dois rapazes na cabine mas estes mais preparados que nós, além de mais velhos (talvez 25 máximo 27 anos) vinham já de arma na mão:( ( "carabinieris" ) e de farda. Bem tenho de abreviar um pouco, eram simpáticos no inicio estavam-se a meter comigo, onde é que tens a tua mala.. rapidamente percebi que estavam a brincar.. mas não estavam muito convencidos a saírem nunca percebi se queriam as raparigas para eles... até hoje..
Por fim de novo os quatro...
Para finalizar se nós tinhas fome elas tinham vontade comer por isso não foi difícil fazermos uma escala improvável , Forte dei Marmi, (elas iam para Roma nós não..) , lá conseguimos um albergue onde ficámos no mesmo quarto , bom saímos fomos a uns bares.. Não vou falar do que se passou no regresso ao albergue mas de manhã andava o "pobre" do nosso famoso actor a tentar encontrar cola de contacto pois a cama já não era digna desse nome... essa missão coube-lhe a ele pois só aprendi Italiano mais tarde..
Enfim uma aventura Hilariante para dois "putos" um de 18 outro de 19anos.. mas ainda hoje quando me lembro de certas coisas acho que muitas vezes onde achei que conquistei..fui eu o conquistado...

(\ /)
`( - . - )´
(") (")

Não é Pascoa , é para a Gaffe pelo que me atura.
*
"Ruivita" penso que gosta de mim como gosta da Constança ouve-a 15 segundos e chega.. A mim lê-me quinze palavras :))
Imagem de perfil

De Gaffe a 09.05.2014 às 19:21

Confesso que o Diogo Morgado me é indiferente, mas temos do concordar com o rapagão.

Não gosto de si como da Constança! Não fico com ciúmes dos rapazes que "viajaram" com a senhora...
;)
Não tenho ciúmes da Constança. Tenho ciúmes seus.
Sem imagem de perfil

De O Lobo a 10.05.2014 às 08:35

Amei a gaffe mapeada, desculpe não saber "mimá-la" mais do que desta forma .Penso em fechar o Lobo aqui no observatório, tem vantagens não ando a comentar onde só estrago, consigo observar melhor, vejo quem chega antes de ser visto,(não não estou a tentar reescrever a história do capuchinho vermelho) e neste momento tenho de lhe segredar que já não me lembrava de ter uma insónia , que noite .. Vou voltar para a cama com fé que a insónia desapareceu.. ;)*

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui