Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe procura casa

rabiscado pela Gaffe, em 30.04.20

ladybug.jpg

Provavelmente a Gaffe pandémica amadureceu, envelheceu, senilizou e passou a acreditar que uma planície menos verdejante, mais seca, mais despojada, saudavelmente mais pirosa, absolutamente Barbie, repleta de detalhes inúteis, fúteis, superficiais e soltos das subtis amarras que se iam apertando à medida que as interacções surgiam e as rotinas se estabeleciam, seria uma forma de respirar o que os entendidos reportam como nova normalidade.

 

Mais fria e é seguro que muito mais longínqua, a plataforma que surge como hipotético novo albergue desta rapariga que sempre se quis superficial, poderá refrescar e iluminar os sombrios passeios que por aqui ultimamente se vão palmilhando.  

 

É uma decisão estranha - sobretudo tendo em consideração que esta rapariga foi outrora lindamente mimada nesta plataforma -, mas que foi crescendo até se tornar uma inevitabilidade.

 

Não é de todo certo que seja um abandono batráquio. É apenas uma outra hipótese, uma nova experiência já tacteada - mas que ficou por cuidar -, algures no tempo passado e em momento de spleen.  

 

A Gaffe deixa de contar com a habitual amabilidade das suas visitas e torna-se mais solitária. Tendo em conta que a solidão é também um dos refúgios dos tímidos, é seguro que a Gaffe espera encontrar ali pelo menos um exército.

 

Basta que se acrescente um hífen, um ligeiríssimo afastamento social, entre a Gaffe e as suas Avenidas, para encontrar a possível nova morada desta rapariga inconstante.  

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


1 rabisco

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 07.05.2020 às 23:13

Oh!
E eu já lá fui,comentei sobre aqueles rapagões giros,mas os meus comentários não são publicados.
Há meses que isto acontece.
Tenho amigos no blogspot, comentava quer pela conta google,quer pelo URL Sapo,e nada.
Não consigo perceber e detectar o que se passa.
Mas vou visitá-la.pode contar comigo.
Eu não a deixo nunca!


Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui