Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe sonhada

rabiscado pela Gaffe, em 14.06.16

684.jpg

Como adormecem os sonhos quando não há histórias de embalar para lhes domar a vigília? 


Será que pousam a cabeça no meu colo e se deixam tocar pelos meus dedos, ou, com o meu sono nos braços, mordiscam o cansaço de se ser eterno e cabeceiam a eternidade que é apenas a avenida lançada sobre mim, que acabo sempre no começo da espera? 


Adormecer com sonhos é como ter o mar dentro da cama. Não basta ter navios. É preciso que saibamos onde estão os portos e os exactos lugares onde chorar é forma de prender amarras.
Depois, é só unir a bússola às estrelas e transformar as lágrimas em velas.

 photo man_zps989a72a6.png


1 rabisco

Imagem de perfil

De Entre Voos a 21.06.2016 às 22:17

Muito bonito :o)... "Como adormecem os sonhos quando não há histórias de embalar para lhes domar a vigília?"...

Palavras delicadas são gotas de chuva que se deitam como beijos nos lugares certos da alma, ou nuvens de algodão doce que enfunam velas nos peitos abertos, ou arrepios de pele como aquele sonho que se esqueceu por um triz...

Ou então, nesse mar dentro da cama, naufragar a caravela ao menor indício de tempestade: mais vale uma Gaffe de antecipação que um eloquente discurso num porto de amarras vãs... :)

Esta Gaffe é sempre inspiradora :o)

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.





  Pesquisar no Blog

Gui