Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe subterrânea

rabiscado pela Gaffe, em 26.04.15

A.Rackham.jpgNasceu ontem à noitinha a quarta neta da senhora do quiosque.
Não há um natal mais perfeito do que aquele que se avista nos olhos da matrona, verdadeiro mastodonte de antipatia e de maledicência que todos os Domingos vende o jornal a esta rapariga.
A Gaffe ficou perturbada porque desconhecia por completo que a senhora era mãe e avó. Possivelmente será filha.

Sempre a viu, ano após ano, demasiado ocupada, entregue à esgotante tarefa de conspurcar os outros que passam incautos pela janelinha do cubículo onde se acoita. Como um boa menina desatenta e mimada, indiferente e egoísta, a Gaffe não percebeu que havia por perto mais mundos do que aquele que se instalou no seu umbigo.

 

O seu grave problema, o seu terror, é que não consegue agora olhar para a senhora sem a imaginar a resfolegar na cama com um homem, mesmo quando tenta imaginar a cara da recém-nascida nos traços amarfanhados da mulher.


A Gaffe é um animal tão estranhamente perverso e subterrâneo!

 photo man_zps989a72a6.png

Gavetas:


6 rabiscos

Imagem de perfil

De M.J. a 26.04.2015 às 13:11

acontece-me. esse imaginar de resfolegar dos outros quando os olhos como pessoas num todo. fico sempre enjoada e preciso de procurar mil vídeos de gatinhos parvos no youtube para me passar a dor.
Imagem de perfil

De Gaffe a 26.04.2015 às 13:38

Comigo é raríssimo, mas quando acontece não há gato que me valha.

(Enfim, depende muito do "gato", né?)
Sem imagem de perfil

De eduardo a 26.04.2015 às 18:11

olhe que não, doutora, olhe que não.
Imagem de perfil

De Gaffe a 26.04.2015 às 23:24

Uma frase tão sensata.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 27.04.2015 às 14:47

Um perversidade aceitável, porque os seus olhos vêem e escrevem ou pensam o que muitos de nós vêem mas não sabem contar.

Imagem de perfil

De Gaffe a 27.04.2015 às 15:02

:)
Nem sempre é assim. Sou tantas vezes tão cega.

Comentar post





  Pesquisar no Blog

Gui