Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe trabalhista

rabiscado pela Gaffe, em 20.12.18

03.jpg

Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista inglês, cuspiu em surdina, em plena Câmara, um stupid woman em direcção a Theresa May. Minutos mais tarde, mente, negando o sussurro e proclama que jamais quis ser sexista ou misógino.

 

A Gaffe não considera que o honrado cavalheiro tenha sido coisa tamanha.

Não foi.

Corbyn foi apenas grosseiro e mal-educado, aliando estes mimos ao facto de não cuidar da pele e da higiene dentária.

 

Os honrados cavalheiros que a Gaffe conhece - e conhece vários -, não são sexistas, misóginos ou machistas. São educadíssimos, cultos e letrados, lavam os dentes, cuidam da barba e da pele, são donos de um capital simbólico e de um carisma incontornáveis, consequência também do facto de não possuírem rasto de Jeremy Corbyn a toldar-lhes o discernimento e de serem genuinamente elegantes.

 

O sexismo, o machismo e a misoginia são apanágio de homens pobres.

 

A Gaffe considera, no entanto, que a tríade reúne conceitos hipervalorizados.

 

Uma rapariga esperta sabe que as manifestações do grotesco masculino podem e devem ser rentabilizas e reorganizadas a seu favor.

Apoiemo-nos num exemplo simplicíssimo. Um clássico:

É uma delícia termos a possibilidade de observar um matulão, um macho, um bigodaço, convencidíssimo que somos incapazes de mudar um pneu, a suar apoplético, tentando desapertar aquelas coisas que prendem a roda ao motor. Quanto mais parvas e deslumbradas parecemos, mais o homem se esforça. Quanto mais imbecis e frágeis nos mostramos, mais o rapagão se estimula. Quanto mais estereotipadamente femininas conseguimos ser, mais o papalvo nos trata como princesas inúteis de conto de fadas, dotadas apenas para o esvoaçar etéreo do não fazer nada.

 

É evidente que desconhece que uma rapariga esperta não muda um pneu. Troca de carro.

 

Theresa May é - não duvidemos, pese embora dela possamos discordar -, uma rapariga espertíssima. O facto de ter sido apanhada a dançar para inglês ver, não o atesta, mas o sinistro ocorreu quando a moçoila tentou, infeliz, imitar os seus congéneres todos machos e muito propensos a bailar com o povo quando querem muito ser depois maestros. May perante a deselegância, a grosseria e a má educação do opositor - permitindo que o olhassem como sexista e misógino -, resolveu ler em silêncio, assistindo do meio das folhas à derrota do seu adversário. Percebeu naquele instante que o homem tinha alterado drasticamente o foco do debate onde corria perigo.

 

É que ler ajuda imenso. 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)


60 rabiscos

Imagem de perfil

De Rui Pereira a 20.12.2018 às 13:17

Caríssima,

Desde quando é que as rodas estão presas ao motor?
Imagem de perfil

De Gaffe a 20.12.2018 às 13:48

Não estão?!
Então como é que aquilo anda?
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 20.12.2018 às 15:01

Esqueça, troque de carro!
Imagem de perfil

De Gaffe a 20.12.2018 às 15:58

Ah! Foi por um "triz"!
Quase que o apanhava. Quase, quase, quase.
Mais uma "explicação" sua e acabava provada a minha teoria.
É evidente que o menino é suficientemente inteligente para o ter percebido.
;)*
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 20.12.2018 às 16:33

Estava à espera de uma lição de mecânica?!
A menina foi demasiado descarada!
Medo! Medo de falar consigo! ;)
Imagem de perfil

De Gaffe a 20.12.2018 às 16:47

Oh! Sou tão inocente.
Só estava à espera que tombasse na armadilha e desatasse a explicar o funcionamento da embraiagem ou essas coisas muito masculinas.

Os meninos gostam tanto de nos explicar coisas que não nos interessam... assim muito!

:)))***
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.12.2018 às 14:59

Olha, querida. Reúno todas as condições para te dar uma inesquecível (para ti) aula de mecânica. Tenho o pistão em excelentíssimo estado e tu demonstras que te poupas, que te cuidas bem e que não tens folgas na direcção. Assim sendo, marca encontro para o mete e tira, isto é, para veres como é bom o meu pistão.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 15:30

:))))
Tão sedutor que foi no seu comentário! Absolutamente irresistível!
Estou absolutamente fascinada.
É um clássico.

Aposto que tem as noites de sexta-feira muito movimentadas. Os tascos são muitíssimo concorridos nesses dias.
Seu maroto.

:D
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.12.2018 às 15:52

Parabéns. Desconsertou-me. Já cá não está quem falou, ou melhor, quem escreveu. Fui estúpido.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 15:57

Não. Não foi estúpido.
Foi de uma deselegância brutal. Foi grosseiro.

Não tem importância. Já passou.
Perfil Facebook

De João Marcelino a 21.12.2018 às 17:48

O texto que "a menina", debitou aqui, é do pior que tenho lido ultimamente. O sexismo, a misandria, o pretenso "feminismo" (histérico) e o pretensiosismo bacoco são apanágio de mulheres profundamente frustradas. Trate-se.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 18:08

Um Feliz Natal.
Acalme-me.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 21.12.2018 às 10:14

Deixe-se de tangas, arregace as mangas e mude o pneu.
E poupe nos estereotipos de macho. Isso é tão feminismo século XX...
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 10:21

Não é nada!
Agora fiquei triste.
Perfil Facebook

De Carlos Nóbrega a 21.12.2018 às 11:19

Triste? Porquê? Porque não encontrou ninguém para lhe mudar o pneu? É a vida.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 11:36

Não.
Não fiquei triste por isso. Encontramos sempre. É a vida.

É espantoso como de repente se torna interessante focar toda a atenção nas bagatelas secundárias que eu escrevo.

Não vale a pena.
Sem imagem de perfil

De Candy a 21.12.2018 às 11:47

admiro a sua capacidade para dar certas respostas...
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 11:55

Procuro sempre entregar a resposta adequada a quem me interpela.
Procuro sempre que cada um tenha a resposta que merece. Não faço mais que o meu dever.
:)
Imagem de perfil

De Corvo a 21.12.2018 às 19:52

O que a menina não ensina.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 20:20

Nada. Não é esse o meu objectivo.
Divirto-me e isso basta.
:)
Sem imagem de perfil

De Candy a 21.12.2018 às 20:35

A mim ensina...
Ensina que uma rapariga esperta sabe manter-se no seu lugar e responder sempre com eloquência, inteligência e elegância, mesmo com quem sem poder argumentativo só é mesmo grosseiro para não chamar outras coisas.Parabéns. Eu não conseguia confesso.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 22:18

Acredite que não é dificil nos casos em que parece bastar a quem dispara ter a possibilidade de escolher adjectivos à toa e carregar à queima-roupa.
Sempre acreditei que o nosso melhor argumento de defesa é muitas vezes a forma como nos atacam.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 20.12.2018 às 16:08

Raparigas espertas, mesmo não trocando pneus, podem trocar ideias e, mesmo assim, estar em sintonia...


Imagem de perfil

De Gaffe a 20.12.2018 às 16:24

Ah! Respondi ao seu escrito de hoje (algures, no primeiro comentário seu que encontrei) siderada com a sintonia que refere.
Repito, porque ainda estou em transe:

https://agaffeeasavenidas.blogs.sapo.pt/a-gaffe-dos-recursos-humanos-633936
https://agaffeeasavenidas.blogs.sapo.pt/a-gaffe-assim-assim-254021


Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 20.12.2018 às 16:27

Acabei de ler agora mesmo...e os seus posts também. Acho que é aquela história das bruxas...
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 21.12.2018 às 09:05

"O sexismo, o machismo e a misoginia são apanágio de homens pobres."

A sério, "amorzinho"? !

A partir de que escalão do IRS se deixa de ser sexista, machista, e misógino?
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 09:41

Fez com que não me apetecesse falar de jogos semânticos, polissemia e afins.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 09:52

Também me desiludiu, mas acredito que isso lhe seja indiferente.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 21.12.2018 às 11:14

Se a desiludi, então não lhe sou indiferente. Seria por isso incorrecto,da minha parte, desconsiderá-la com indiferença. Importo-me com quem comigo se importa (mas não só ).

Bom fim de semana

Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 11:38

Não me é indiferente, claro que não.
Assumi apenas que foi constrangedor não me ter entendido.
Imagem de perfil

De Corvo a 21.12.2018 às 14:36

Grande novidade a menina nos traz com essa de "uma rapariga esperta sabe que as manifestações do grotesco masculino podem e devem ser rentabilizadas e reorganizadas a seu favor."
E o não grotesco também. Mas há, houve ou haverá algum gesto de simpatia expresso numa ajuda desinteressada de um homem para uma mulher que não seja imediatamente rentabilizado em vosso favor?
Mas cuidado. Não há assim tantas ruivas como isso por este Porto e arrisca muito seriamente que para a próxima tenha mesmo de ser a menina a mudar o pneu.
Ora isso, presumo e com sérias razões de não me enganar, vai mesmo que trocar de carro quando concluir que é muito desagradável andar com o carro furado por incorrecta utilização do macaco.
Cá se dizem cá se pagam.
:)
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 15:07

Meu querido Corvo,
Acredita mesmo que eu não sei mudar um pneu?
:)

Sou capaz de manusear um bisturi, sou capaz de arrancar ossos, músculos, veias e artérias, retalhar, aparafusar e atar tudo e voltar a encaixar tudo no sítio.
Acha mesmo que deixava nas mãos de alguém a possibilidade de trocar um bisturi por um macaco?

Eu sei mudar um pneu e, por mais feminino que lhe possa parecer, sei esventrar e reconstruir o motor de um carro.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 21.12.2018 às 15:13

"Sou capaz de manusear um bisturi, sou capaz de arrancar ossos, músculos, veias e artérias, retalhar"

Gaffe, bem...vamos lá a ver....aquilo lá em cima. ..precipitei-me...não era aquilo que eu queria dizer...dou-lhe toda a razão....tenho 2 filhos ainda menores. Gostava de os ver crescer
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 15:25

Não se preocupe. Consigo reconstruir tudo depois. Fica como novo.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 15:54

É que se acredita mesmo que não sei mudar um pneu, meu caro Corvo ...

... tem toda a razão.

Não sei. Et je m'en fous.

:))))
Imagem de perfil

De Corvo a 21.12.2018 às 17:28

Outra grande novidade a menina me dá.
Saiba a Belle Demoiselle que em si nunca confundi a feminilidade pelo feminismo.
Se bem que, menos me espalho pelo conhecimento profundo que tenho de que feminismo, de si vindo, existe sim para as coisas que lhe convêm. :)
Apanágio de uma rapariga esperta, segundo o conceito oficial por si outorgado a uma feminilidade inteligente.
Também conheci igual, para deslumbramento da minha vida enquanto durou.
Um excelente fim-de-semana
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 18:11

Sabe que não sou "feminista". O meu feminismo é adaptado às circunstâncias. Creio ser esse, o que se adapta, o mais eficaz.
Bom fim-de-semana.
Sem imagem de perfil

De Riddle a 21.12.2018 às 16:26

Cara Gaffe
Quero desde já e sem mais preâmbulos felicitá-la pelo seu texto provocador.

É claro que o seu mote foi a provocação ;-)
Pois associar um "Stupid woman" a um perfil de homem sexista, maxista e/ou misógeno é intrinsecamente forçado.

E.g. eu estou longe de me considerar em tal escalão, e no entanto conheço, tal como decerto a Gaffe também conhecerá, tanto homens como mulheres estúpidas. Creio que tal avaliação tanto se pode prender quer por uma avaliação precipitada ou inepta da parte de quem avalia, quer pelça faceta de quem demonstra tal atitude e que consequentemente possa levar a tal avaliação.

Talvez o erro seja querer ver o mundo com uma guerra entre os sexos. Mas está na moda, eu sei.
Mas com humildade, há que reconhecer que as mulheres podem ter qualidades fantásticas que os homens não conseguem atingir, da mesma forma que as mulheres também não têm outras tantas que podem encontrar nos homens...

Decerto que concordará que as mulheres, per si e grosso modo, preferem trabalhar junto de homens do que de outras mulheres (ressalvando quaisquer eventuais e legitimas excepções), não será?

Ainda outro exemplo, ainda a semana passada fui duplamente vítima de uma mulher que não só desrespeitou as regras do trânsito, como ainda por cima foi mal-educada, proferindo do alto daquela boca porcalhona, impropérios inadmissíveis, acha que por causa disso vou dizer que todas as mulheres são estúpidas ou vou apenas adjectivar aquela criatura?

Eu acho que este sexismo, tão na moda, ão frívolo, tão estúpido, se prende com coisas absurdas como o movimento metoo que não é mais do que uma caça às bruxas dos tempos modernos. Mas antes do mais gostaria, caso aceda ao obséquio de me dar a conhecer a sua posição tão mais importante sobre este assunto, pois o blog é seu, antes de me tornar seu fan :-)

Um beijo, evidentemente, respeitoso e parabéns pelo seu texto
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 16:40

Obrigada.

Concordo com quase tudo o que diz.
É evidente que a estupidez é democrática. A inteligência muito menos do que se deseja.

em relação ao #metoo dediquei-lhe um rabisco. Admito que não o consigo encontrar, mas não é longínquo. Vou tentar localizar e indico-lhe o link. Não lhe atribuo importância vital, mas reconheço-lhe interesse e vantagens, assim como detecto claras desvantagens, erros e tolices. É o perigo das generalizações em todo o seu esplendor.

Pode tornar-se meu "seguidor", mesmo não concordando comigo. É muitíssimo interessante.
:)
Sem imagem de perfil

De Riddle a 21.12.2018 às 17:13

Repare que eu não discordo de tudo quanto diz. Mas por outro lado como tenho uma experiência de vida diferente, necessáriamente, tenho uma perspectiva diferente da sua. Mas por outro lado, que tédio é discutir-se com alguém que que limita a concordar connosco...

O que não quer dizer que não respeite as suas posições e acima de tudo que a respeite a si, prova é, que lhe dediquei as minhas pobres e singelas palavras. Coisa que só me dou ao trabalho de fazer se mobilizado pela minha minha avaliação, considerar que o faço com alguém com a lucidez de espírito que imediatemente lhe reconheci.

Na minha modesta opinião o #metoo poderia ter tido virtudes, mas caiu em descalabre e morreu logo à partida devido aos exageros do femininismo, que considero tão estúpido como o maxismo, mas não vou desenvolver o tema, vou aguardar que um dia, eventualmente, coloque esse tema em discussão e em altura própria lhe direi o que penso sobre o assunto e o porquê de assim pensar, se for caso disso e se tal for do seu interesse, evidentemente.

E, perdoe-me mais uma vez discordar de si mas... Há lá coisa mais sedutora do que falar com uma mulher inteligente...

O meu obrigado. Fico então a aguardar a "hiperligação" e certamente que me tornarei seu seguidor.

:-)
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 18:15

:)
Olhe que discordam de si. Para alguns, debater é sinónimo de insultar.
Discordar é livre trânsito para a tentativa de fazer calar o interlocutor.
Felizmente e por norma as pessoas acalmam-se. Deixam de figurar no catálogo dos que fazem história e estórias.
Sem imagem de perfil

De Riddle a 21.12.2018 às 18:40

"Olhe que discordam de si. Para alguns, debater é sinónimo de insultar."

É natural. As pessoas estão muito habituadas aos telemóveis e aos computadores, e como sabe com as máquinas basta premir um botão e esperar para obtemos o resultado que desejamos.

Mas felizmente as pessoas não são como as máquinas. As pessoas discutem entre si, mostram pontos de vista, divergem nuns pontos, convergem noutros, e dessa amálgama, se forem cordiais e respeitosos, poderá ou não advir um consenso. Mas, quanto a mim, o gozo está na capacidade de argumentação e na capacidade de maior ou menor expôr-mos as nossas posições.

Uma pessoa não saber discutir, respeitando o outro, revela imediatamente falta de convicção na sua posição,
pobreza de espírito, falta de capacidade de argumentação e até, eventualmente, moral.

Pessoalmente, não tenho muita paciência para aquele tipo de pessoas que discutem muito alto para se impedirem de ouvir o outro.

Mas possivelmente, essas pessoas que refere, terão muito a aprender quando perceberem que a melhor rede social é constituida por vários amigos, e que são sempre poucos, à volta de uma mesa a debater assuntos quaisquer que sejam desde, que hajam pontos discordantes de modo a que haja debate (as bjecas são opcionais).

Ninguém aprende coisa alguma se a opinião do outro for igual à sua. Pois debater/discutir obriga-nos a sair da nossa zona de conforto e procurarmos compreender o ponto de vista de outrém. E certamente, que é quando compreendemos o outro que, ou alteramos a nossa opinião ou a reforçamos com os argumentos do outro.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 20:26

Assino por baixo.
No entanto, o "debate" é aqui que ocorre.
Reparou que tenho os comentários moderados. Recuso apenas os que realmente me ofendem, ou que ofendem terceiros. Neste caso específico, nenhum foi merecedor de não aprovação. Esperava bastante pior. Já escreveram bastante pior. O que foi escrito não deixa de conter alguma verdade. Falta "arrogante", apesar de tudo.
Habituei-me a andar por entre as gentes. Algumas valem a pena.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.12.2018 às 18:38

Minha querida, a tia não foi esperta, o ministro é que foi burro.
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 22:13

É curioso verificar como o desagradável conceito de "tia" se torna extensível a mulheres - por norma não muito jovens - que superam homens de repente revelados estúpidos.
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 21.12.2018 às 21:13

Tanto é normal chamar stupid woman....como as mulheres dizerem o mesmo ou muito pior.. .aliás é tipico OS sexistas falarem mais de futebol. E as meninas. ..lool. mais de assuntos colaterais. ..
Aliás nos vários empregos onde tenho passado é difícil encontrar madames mesmo no topo cuja principal ocupação não sejam os. ""tais""assuntos utilizando por tudo e por nada os 2os e 3os sentido das palavras (e não me refiro aos + k gastos. já comeste. comeu, tava bom ( o almoço claro.......) mas a outras filigranas mais refinadas ....e na informática. então ..uiii....nem quim barreiros . ...que chega a ser difícil ter assuntos mesmo profissionais como tema
Quanto ao corbyn. coitadito...péssimo ser político e humano
Mrs May cometeu vários erros políticos graves. ....o maior deles foi provocar eleições (prerrogativa do 1°ministro. ..) tendo maioria parlamentar supondo aumentar, quando na realidade perdeu a maioria sendo obrigada a coligação. ...
Com a embrulhada do brexit e do caos judicial inglês (há tribunais da sharia...) a madam irá cair antes do fim de janeiro. ......
Mas o futuro de corbyn tb é zero. .....
Imagem de perfil

De Gaffe a 21.12.2018 às 22:25

Nao acho que seja normal chamar estúpido a torto e a direito e a quem quer que seja!

Receio que os lugares por onde diz ter passado, não se possam recomendar.

Ser político e ser em simultâneo humano, isso sim, é sem dúvida desaconselhável.
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 22.12.2018 às 03:37

Eu quando referi normal queria estabelecer uma equidade ou seja tanto homens como mulheres usam esse vocabulário.
A utilização do.segundo sentido às palavras é tipicamente português. ..nem é preciso visitar o norte litoral. ..ou o teatro de revista (eu saio na próxima e vc ? )...os empregos onde passei são iguais a muitos que existem neste país. ..e com certeza que a autora do post conhece perfeitamente esse modo de "viver" e expressar
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.12.2018 às 07:57

Conheço. Sou uma mulher do Norte. Não me causam incómodo, embora prefira não lhes dar "corda".
:)
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 22.12.2018 às 03:50

Estive agora a dar uma vista de olhos das capas de jornais de amanhã no sapo e encontrei a foto de outro exemplar dessa habilidade.idiomática ......Pedro abrunhosa.....
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.12.2018 às 07:58

Ah! Pedro, o emproado.
É uma personagem curiosa!
Sem imagem de perfil

De Ghost Dog a 22.12.2018 às 11:02

Boas,

E se um homem acusar o outro de estupidez? Qualquer coisa como "it's the economy stupid", então está tudo bem...

Está situação é sintomático do problema: as mulheres querem igualdade e simultaneamente privilégios e cuidados com a "condição feminina".

Certamente existem mulheres que mudam pneus, e homens que não o fazem. Mas os homens não têm a opção de ficar à espera de uma mulher que venha resolver o problema.
E se por acaso acontecertal coisa, nem quero imaginar o que se dirá deste homem...

Feminismo é só quando interessa, em tudo o resto mantêm-se os papéis tradicionais, mas sem as prerrogativas que antes existiam. Ou seja: sem qualquer proveito.

O problema é que os homens estão a acordar para este jogo...
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.12.2018 às 20:49

Estou sempre ao lado do despertador.
Sem imagem de perfil

De Cesar a 22.12.2018 às 11:06

Creio que o interessante é mulher entender que a autarquia é a única eficaz maneira de se fazer respeitar, e mulher que sabe trocar pneu, meter a mão na graxa, é RESPEITADA, até porque hoje em mundo de valete depilado, a maioria dos que se dizem homem não sabem nem dirigir direito, que dirá saber como funciona um auto!
Quando somos autárquicos, capazes de fazer TUDO, temos sempre o respeito por nós mesmos!
Eu por exemplo não entro em contato com médicos há mais de 30 anos e com isso, nem conheço, e não vou conhecer dedada na próstata, ou seja, me respeito, me cuido, preservo meu equipamento, não bebo, não fumo e tampouco ingiro defuntoe o mais legal, faço tudo que fazia aos 25 anos! A mulherada COMIGO, se oferece até para trocar o pneu de carro em troca de uma troca de óleo! :D
Acorda povão, se seguir o politicamente correto fosse correto políticos não seriam uns completos vermes!!! :D
A industria que mais tem força no mundo é a fármaco, e evidentemente ela não precisa de saudáveis para crescer, mas sim dos decrepitos!
Vão ler, vão estudar, vão fazer a diferença em vcs mesmos e verão que toda a lixeira que está o mundo é por conta da pusilanimidade não só masculina, mas sobretudo da feminina, pois se reproduzissem de quem presta não existiriam os imprestáveis, que nem pneu sabem trocar mas querem poder dirigir. :D
Pensar não é difícil, tentem! :D
Imagem de perfil

De Gaffe a 22.12.2018 às 20:47

Juro que não tenho nada contra o poder autárquico.
Venha ele.
Sem imagem de perfil

De Manuel da Rocha a 24.12.2018 às 15:02

Só tem uns pequenos lapsos: Mulher esperta tem um seguro do carro que lhe permite chamar um Uber, sendo que o reboque chega e troca-lhe o pneu do carro, indo entregar o carro ao parque de estacionamento, onde ela deixa o trabalho e o leva de volta a casa.
O mesmo para um homem rico que vê uma mulher em apuros, chama o mecânico e leva a mulher a um jantar faustoso, num hotel de luxo, enquanto os carros ficam na garagem até à manhã seguinte.
O homem pobre é que vai mudar o pneu, para ajudar a mulher, seja ela rica ou não. Como não tem dinheiro para ir ao ginásio e impressionar a mulher, resta-lhe mudar o pneu para que ela não fique no meio da estrada e deixe o resto do trânsito circular.
Bom Natal, com poucas filhoses, para não perder a linha ou ter de fazer 60 horas de ginásio na próxima semana.
Imagem de perfil

De Gaffe a 24.12.2018 às 18:24

:)
Enfim, tudo se resume ao ACP.
:)

Obrigada.
UM BELÍSSIMO Natal para si também.
Sem imagem de perfil

De Cesar a 26.12.2018 às 02:03

"Genial" Manuel, são comentários assim que fazem a diferença para pior!
O rico que tanto glamouriza, COMPRA a mulher (afinal só mulher com preço acha que uma boa partida é o cara que paga jantar faustoso!
O sadio, leva a mulher em casa e FAZ o jantar para ela, sem fausto mas com intimismo e TALENTO! Mostra que não só troca pneu, mas sabe cozinhar e o melhor é HOMEM e não toma viagra, é bastante em si mesmo!
Já o rico que nada sabe fazer e por isso se apega ao capital e ao jogo prostituto do capital tem que gozar com o pau dos outros, do mecânico (aquele mesmo que mais tarde aparecerá para trocar o óleo da mulher já empanturrada e entendiada de presentes vazios), do cozinheiro (que se vacilar até cuspir no alimento do granfino cospe), e quiça do que FAZ os presentes em vez de comprar!
Como vemos, o sem noção autárquica sequer sabe como agradar uma mulher inteligente, mas esnoba com as com cérebro de ameba futeis de dar dó!

É fundamental entender que só quem é despido de qualidades acha que dinheiro compra felicidade, o inteligente e autárquico sabe que a suprema felicidade é a POTENCIA em tudo, seja para trocar pneu, para consertar o auto, fazer a comida, seja até para fazer o auto que a desejada precisa.
E mais, mulher inteligente de forma alguma se mete com o rico incapaz mas blindado por uma sociedade falocrata, plutocrata supinamente doente!
Afinal já dizia Krishnamurt: ser ajustado a uma sociedade doente não é sinal de saúde!

E sociedade que aquilata misoginamente uma vagina a um buraco de defecar é DOENTE, MISÓGINA, ESTUPRADORA (dizer que buraco de fezes é órgão sexual é estupro moral incitador do estupro de fato) e acima de tudo sequer percebe que sexo é reprodução e sendo assim fuçar com buraco fecal é o mesmo que aquilatar uma Vagina a um ânus e gente a excremento!
Isso é irredutível e axiomático!

O HOMEM autárquico ensina a trocar pneu e não troca só para seduzir uma mulher.
Troca na primeira vez para que ela veja como é.
O porco chauvinista tira onda de liberal sensível enquanto até pagar prostituta paga, e evidentemente usar uma prostituta é esturpo ECONÔMICO, financeiro, da mesma forma que o que arrota dinheiro para levar mulher em restaurante caro esperando ganhar em troca do jantar faustoso uma noitada com a mulher.

Percebe agora a diferença de um autárquico e um esnobe escudado no capital?
Imagem de perfil

De Gaffe a 26.12.2018 às 11:17

E pronto!

Comentar post