Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ilustração - Fernando Vicente


A Gaffe inoportuna

rabiscado pela Gaffe, em 01.02.19

Num barzinho perto de si.

Ou aqui:

rasurando

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe em liberdade

rabiscado pela Gaffe, em 29.01.19

(...) e a morte cresce no esvair da origem. 

Rasurando.jpg

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

A Gaffe soalheira

rabiscado pela Gaffe, em 24.01.19

Agrada-me sobremaneira continuar a pensar que é realmente de Luís XIV o celebérrimo L’État c’est moi.  (...)

Aqui:

logo (1).jpg

 

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas:

Redacção da semana: O Estado

rabiscado pela Gaffe, em 22.01.19

Estado.gif

A minha professora disse-nos que tínhamos de escrever uma redacção muito limpinha e bonita porque queria cola-la no quadro de honra que é um quadrado assim para o alto dos lados onde uns senhores e umas senhoras mandam postas que é post em português. Mandou-nos também falar das coisas do estado. A bem dizer eu só estudei ainda o gasoso que é o do gás mas acho que serve porque este mundo é como um balão. A gente bufa bufa bufa e aquilo enche e a gente pensa que é bonito e até sobe sobe balão sobe como o balão daquela senhora que se chamava Bravo como o esfregão e que ganhou um festival e depois perdeu no Bruxelas onde é a eurovisão e onde há couves que é o que a gente leva deste mundo. A minha prima Idalina diz que o estado é só fogo de vista mas que somos nós os culpados que nos metemos de vez em quando numa tenda que nem uma cadeirinha tem para os velhos se sentarem que já não podem estar de pé com um papel e uma caneta na mão para fazermos uma cruz onde nos dizem que é bom. A minha avó foi um problema porque quando foi meter as cruzes no papel pôs-se aos gritos feita tola que tinha acertado em duas estrelas e no jóquer que por acaso era um senhor que tinha a fotografia colada mesmo ali logo no princípio do papel. Tivemos depois de a amarrar com a guita que separava as tendas umas das outras e levar a velha para o lar onde só vê a televisão com a Cristina Ferreira que é a única pessoa que a minha avó consegue ouvir. Os meus colegas e eu acarretamos os papéis para uma mesa onde uns senhores estavam a lamber os dedos para contar muito bem aquilo tudo. Vou colar aqui a fotografia do Justino a levar a papelada que ficou muito bem. O Zeca que é meu primo até fez montinhos porque só sabe contar até dez. Não fez mal porque chegou muito bem que houve muita abstinência. Quem ganhou o concurso foi o senhor Adalbero do talho e ganhou muito bem porque assim como assim já está habituado a desossar os bichos. Eu disse agora um nome de uma pessoa e ali em cima disse o da Cristina Ferreira. A minha professora disse que não podíamos andar aqui a fazer isto que é por causa duma coisa chamada protecção de dados. Por isso faz de conta que não existem estas pessoas que até nem é muito mentira. Depois de irem às tendas foi toda a gente ver televisão para saber notícias do país e do mundo que também gosta de riscar quadradinhos e de dizer que fomos nós os culpados das fugas de gás porque andamos a viver no andar de cima em vez de viver rés-do-chão que é o nosso sítio e o do picapau amarelo mas a minha prima Idalina mudou para os canais que davam telenovelas e só passados três dias é que a gente soube quem era a pessoa que não digo outra vez o nome que podia ser atacada pelos ácaros dos computadores. Ficamos muito contentes porque já toda a gente sabia em quem cascar durante uma porrada de anos enquanto coça as coisas moles que pode não parecer mas as pessoas andam com comichão o tempo todo e nem pomada que sirva encontram nas farmácias que isto dos ácaros até dá prisão se uma pessoa os largar nos meiles. Eu não sei muito bem o que são os meiles mas parece que são umas coisas que se mandam aos franceses que gostam de moda por causa das tendências e dos influenseres que são umas coisas que dizem o que se vai usar. Usa-se muito este ano o amarelo pelos vistos. Agora vou acabar a minha redacção que isto do estado custa muito a arrancar mas depois de engatado ninguém o trava a não ser que os risquinhos nos quadradinhos das tendas não sejam feitos com a merda dum lápis que nem para enfiar no aguça serve que está rombo. Um quadradinho deve ser riscado com uma caneta bem cheiinha.

Muito obrigado

Sou quem sabes

Gui.jpeg

Rasurando.jpg

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Gaffe "Rasurando"

rabiscado pela Gaffe, em 21.01.19

Rasurando

Meus amigos e minhas amigas,

 

Apresento-vos o Rasurando, projecto incluído num plano - Opus Grei -  que reúne gente de variadíssimas proveniências e diferenciadas visões e perspetivas do mundo, mas disposta a contribuir para discusões salutares acerca de pontos e de chaves que abrem outras cosmovisões e que permitem e ajudam a repensar o lugar que ocupamos no retângulo - cada vez mais complexo, urdido de inexactidões e pasmos -, que urge colocar em questão.

 

São membros e conspiradores - anunciados numa ordem aleatória -, da estrela Opus Grei:

 

Sarin

naomedeemouvidos

Eduardo Louro

Júlio Farinha

Pedro V

Mami

 

e a Gaffe que funciona quase como mascote, dada a ignorância mais que evidente relativamente aos assuntos que se abordarão.

 

É impossível dar-vos notícia mais completa do que a patente nas já existentes rasuras no blog referido, mas adianta-se que o objectivo é (…) que de forma descomplicada, por vezes séria, porventura bem-humorada, seguramente assertiva, podermos questionar, contribuir, debater, aceitar ou exigir, impelindo os leitores a questionarem-se e a questionarem connosco estas matérias abordadas por tantas perspectivas quantas as que nos lembrarmos. Ou nos lembrarem (…)

 

Imprescindível que subscrevam o blog que agora surge, porque é de utilidade pública - caso ainda não tenham reparado na minha imensa modéstia, fica neste momento a clara prova desta minha qualidade.   

 

Irão verificar que o logo que se anuncia mesmo ali ao fundo aparecerá nas Avenidas sempre que os palpites desta rapariga surjam no blog que agora também é vosso.

 

É evidente que o subscreverão - clicando no perfil Opus Grei - e participarão em todos as saudáveis discussões ali abertas porque, como diria Maria Cavaco Silva, sois – somos todos - gente:

 

InteligentÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍÍssssssimAAA.

Rasurando

 

 photo man_zps989a72a6.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gavetas: